O Lama Raiz - Tsawe Lama


Existem diferentes tipos de lama raiz que um praticante do budismo tibetano pode ter, mas eu falarei somente dos dois mais importantes, ele são: tsawe Lama e o Lame gyupa traduzidos como "Lama raiz e Lama da sucessão", respectivamente. Guru é o termo honorífico em sânscrito para mestre, assim muitas vezes é usado referindo-se ao Lama Raiz do indivíduo.


O chefe de uma escola específica do budismo tibetano é o Lame gyupa, que pode remontar há vários séculos, uma sucessão contínua de transmissões. Gyu significa "transmitir, conduzir, fluir, continuar, passar adiante". Isso também significa " conectado" e "linhagem". O chefe da linhagem budista Karma Kagyu é o XVII Gyalwang Karmapa, Orgyen Trinle Dorje. Poder-se-ia dizer que os quatro Lama raiz das quatros principais escolas do budismo tibetano detém o que pode ser comparado com a posição dos chefes de ordens cristãs, tais como beneditinos ou franciscanos.


O segundo tipo de Lama raiz que um discípulo do Vajarayana pode ter, é o tsawe Lama, tsawa significa "raiz". O Lama Raiz do indivíduo pode (mas não necessita) deter o título de Rinpoche, alguém que foi identificado como o renascimento de um mestre distinto pode possuir. Rinpoche significa "precioso". O Lama Raiz é realmente precioso, mesmo se ele ou ela não for reconhecido como um mestre incarnado, desde seja alguém que possui conduta pura, que é conhecedor das escrituras, discerniu os ensinamentos através da reflexão e possui qualidade e sinais de experiência e realização através da meditação. Essas distinções definem o título "Lama". Um discípulo sente que ele ou ela pode aprender e se desenvolver muito sob a orientação de um lama específico, respeita e confia nele ou nela sem hesitações ou dúvidas, isso é, as palavras de um Lama Raiz penetram seus ossos. Ele ou ela é precioso porque é a sua conexão mais forte com o Dharma. Ele ou ela ajudam o máximo a realizar a verdadeira natureza de sua mente, a qual é bondade inata, e dessa forma, ele é seu Lama Raiz. Tendo grande compaixão, seu Lama Raiz nunca para de cuidar dos discípulos e nunca é relutante a ensinar e guiar você.


De fato, o indivíduo deveria ser capaz de aprender de qualquer Lama, na verdade, de qualquer um e em qualquer situação na vida. Contudo, a pessoa aprende mais do Lama Raiz do que de quaisquer outras pessoas, devido à conexão que é profunda e perdura por toda vida. Isso pode ter sido duradouro, por muitas vidas passadas, e a conexão vai provavelmente continuar por muitas mais vidas futuras.


Tsawe Lama é muitas vezes traduzido como "amigo espiritual" e "guia espiritual", pois ela ou ele é seu guia ao longo do caminho do Dharma. Ele ou ela, não precisa ser necessariamente seu Lama de Refúgio, que é aquele que abriu a porta do Dharma para você. Levaria tempo para dizer se um Lama de Refúgio se tornará um Lama Raiz. A pessoa pode achar o Lama Raiz dela por seguir o conselho de seu Lama de Refúgio, por participar de ensinamentos e, por praticar diligentemente. Mas isso pode se tornar confuso se, o indivíduo procurar Lamas de muitas tradições e linhagens diferentes, o qual transforma a mente de um aspirante em alguma coisa parecida com um estojo de tinta -- a cor vermelha é bacana, dois diferentes tons de verde são brilhantes e claros, amarelo e púrpura são cores festivas. Se você mistura todas elas, acaba com um marrom barrento. É melhor não misturar as linhagens, para que sua mente não se torne um marrom barrento, percebendo que cada uma das tradições e linhagens budistas enfatizam práticas e instruções específicas do vasto conjunto de ensinamentos que o Buddha apresentou.


O Lama Raiz de um indivíduo é tsawe phama em tibetano, o Lama que é o mais cuidadoso "pai e mãe" (pha-ma) -- ele ou ela transmite uma herança duradoura e inestimável para você. Ele ou ela certamente não está ali para fazer uma lavagem cerebral ou esperar que você seja algo que não é. Ademais, um estudante precisa lembrar-se que o laço com o Lama é voluntário. Pode acontecer que um Lama não é mais apropriado. Isso acontece, porque ele ou ela, a princípio, não era seu Lama Raiz. Caso considere-se que o próprio Lama Raiz quebrou seus votos, então o "contrato" com o aluno também é automaticamente quebrado. Se alunos não tiverem a possibilidade de receber conselhos quando tal conexão for quebrada, então eles devem se voltar para sua própria natureza de Buddha para orientação.

Endereço

Rua Visconde de Caravelas, 115

Humaitá - 22271-041

Rio de Janeiro - RJ

Contato
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Afiliado à:

Karma Triyana Dharmachakra (KTD)
North American Seat of His Holiness the 17th Gyalwang Karmapa

Ogyen Trinley Dorje

Que todos possam se beneficiar!

© 2007 - 2020 KTT Brasil. Todos os direitos reservados.