Linhagem

Os antepassados na linhagem Kagyu são conhecidos como o "Rosário Dourado". Sua ênfase está na transmissão continua e ininterrupta das instruções orais de mestre para aluno, e é refletida no significado literal da palavra "Kagyu." 


A primeira sílaba "Ka" refere-se as escrituras de Buda e as instruções orais do guru. "Ka" tem o sentido do significado iluminado transportado pelas palavras do professor, bem como a força que tais palavras carregam. A segunda sílaba "gyu" significa linhagem ou tradição. Juntas, essas sílabas significam "a linhagem das instruções orais".


Abaixo está um pequeno resumo da linhagem Kagyu com seus grandes fundadores que estabeleceram esta antiga tradição e passaram as instruções de "boca a orelha" durante tantos séculos.


A Linhagem Kagyu

A linhagem Kagyu traça suas origens para o Buda histórico, Shakyamuni, através de Marpa, o Grande Tradutor, que viajou três vezes a Índia trazendo, desta forma, os autênticos ensinamentos da linhagem de forma ininterrupta para o Tibete. Seu professor, Naropa, recebeu a transmissão de Tilopa, até chegar ao próprio Buda Shakyamuni, ou Vajradhara na sua forma Dharmakaya, o Buda Primordial. 


Aluno mais famoso de Marpa e considerado o maior yogi de todo o Tibet, Jetsun Milarepa, passou os ensinamentos a Gampopa, que por sua vez, os transmitiu para o 1o. Karmapa, Dusum Khyenpa. Desde então, a Linhagem Kagyu tem sido guiada por uma sucessão de reencarnações do Gyalwang Karmapa. A linhagem dos Karmapas é dita auto anunciada, porque cada cada um deles, antes de seu paranirvana, deixa uma carta predizendo detalhes sobre seu próximo nascimento. Todos os grandes mestres Kagyu consideram Sua Santidade Karmapa a incorporação e fonte de todas as bênçãos da linhagem.


Os antepassados que compõe o Rosário Dourado são: 


•    Vajradhara
•    Tilopa (988-1069)
•    Naropa (1016-1100)
•    Marpa Lotsawa (1012-1097)
•    Jetsun Milarepa (1052-1135)
•    Gampopa (1079-1153)
•    1o. Karmapa, Dusum Khyenpa (1110-1193)
•    Drogön Rechen (1148-1218)
•    Pomdrakpa (1170-1249)
•    2o. Karmapa, Karma Pakshi (1203-1283)
•    Drubtob Urgyenpa (1230-1300)
•    3o. Karmapa, Rangjung Dorje (1284-1339)
•    Gyalwa Jungtönpa (1296-1376)
•    4o. Karmapa, Rolpe Dorje (1340-1383)
•    2o. Shamarpa, Kachö Wangpo (1350-1405)
•    5o. Karmapa, Dezhin Shegpa (1384-1415)
•    Rinchen Zangpo (Ratnabhadra) (c. 1400)
•    6o. Karmapa, Thongwa Donden (1416-1453)
•    Bengar Jampal Zangpo Paljor Döndrup (1427-1489)
•    7o. Karmapa, Chodrag Gyatsho (1454-1506)
•    Sangye Nyenpa, Tashi Paljor (1457-1525)
•    8o. Karmapa, Mikyo Dorje (1507-1554)
•    5o. Shamarpa, Könchog Yenlag (1526-1583)
•    9o. Karmapa, Wangchuk Dorje (1555-1603)
•    6o. Shamarpa, Chökyi Wangchuk (1584-1629)
•    10o. Karmapa, Choying Dorje (1604-1674)
•    7o. Shamarpa, Yeshe Nyingpo (1631-1694)
•    11o. Karmapa, Yeshe Dorje (1676-1702)
•    8o. Shamarpa, Chökyi Döndrub (1694-1735)
•    12o. Karmapa, Changchub Dorje (1703-1732)
•    8o. Situpa, Chökyi Jungne (1700-1774)
•    13o. Karmapa, Dudul Dorje (1733-1797)
•    10o. Shamarpa, Chödrub Gyamtso (1742-1792)
•    9o. Situpa, Pema Nyinche Wangpo (1774-1853)
•    14o. Karmapa, Thegchog Dorje (1798-1868)
•    1o. Jamgön Kongtrül, Lodrö Thaye (1813-1899)
•    15o. Karmapa, Khakhyab Dorje (1871-1922)
•    11o. Situpa, Pema Wangchuk (1886-1952)
•    2o. Jamgön Kongtrül, Palden Khyentse Öser (1902-1952)
•    16o. Karmapa, Rangjung Rigpe Dorje (1924-1981)
•    17o. Karmapa, Ogyen Trinley Dorje (1985-)

Acesse o link abaixo e obtenha mais informações sobre cada um destes incríveis mestres, incluindo a linhagem dos Karmapas: http://kagyuoffice.org/kagyu-lineage/the-golden-rosary/

Endereço

Rua Visconde de Caravelas, 115

Humaitá - 22271-041

Rio de Janeiro - RJ

Contato
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Afiliado à:

Karma Triyana Dharmachakra (KTD)
North American Seat of His Holiness the 17th Gyalwang Karmapa

Ogyen Trinley Dorje

Que todos possam se beneficiar!

© 2007 - 2020 KTT Brasil. Todos os direitos reservados.