Agenda 2019

Mudanças na programação da KTT. Devido ao falecimento de Khenpo Karthar Rinpoche, Lama Karma Tartchin, estará participando das cerimônias fúnebres de Khenpo Karthar Rinpoche.

Os ensinamentos:

Os 5 Tipos de Potenciais e os 5 Caminhos - com Lama Karma Tartchin, foram transferidos para o dia

23 de novembro de 2019, sábado, de 09:00h às 17:00h

 

As Cinco Famílias de Buddha - com Lama Karma Tartchin

ficam suspensos até nova data.

Link para as cerimônias na KTD:

https://conta.cc/3189lcQ

    Preces para Nosso Amado Khenpo Karthar Rinpoche
    Pujas de Sete Semanas no Karme Ling


    Semana 1 (começando em 12/10/19) – Amitabha


    Semana 2 (começando em 19/10/19) – Akshobhya


    Semana 3 (começando em 26/10/19) – Zhitro


    Semana 4 (começando em 02/11/19) – Gyalwa Gyamtso


    Semana 5 (começando em 09/11/19) – Demchok


    Semana 6 (começando em 16/11/19) – Dordje Pakmo


    Semana 7 (começando em 23/11/19) – Amitabha

    Cremação e Cerimônia de Oferendas para Khenpo Karthar Rinpoche


    A cremação e oferenda de fogo no domingo, 20 de outubro, serão apenas um evento em uma série de muitas práticas rituais que acontecerão durante o período de 49 dias após o falecimento de Khenpo Karthar Rinpoche.


    “Encorajamos todos a se juntarem a nós nesta ocasião profunda”, disse Lama Karma Drodhul, presidente da KTD.


    Todos são estimulados a participar destes eventos – seja em pessoa no Karma Triyana Dharmachakra ou Centro de Retiro de Três Anos do Karme Ling, ou de qualquer lugar onde se esteja – para honrar nosso amado professor Khenpo Karthar Rinpoche e fazer preces por seu rápido retorno entre nós.

Karmapa Chenno,

Sandy Hu
Em nome de Lama Karma Drodhul
(Presidente da KTD)

Khenpo Karthar Rinpoche (1924-2019)

23 de novembro de 2019, sábado, de 09:00h a 17:00h

Os 5 Tipos de Potenciais e os 5 Caminhos com Lama Karma Tartchin

Cinco Categorias de Potencial

Todos os seres podem ser categorizados em cinco diferentes grupos baseados neste potencial: O primeiro grupo tem sinais de potencial "desconectado". O segundo grupo tem um potencial " Incerto". O terceiro grupo é dos shravakas, cujo potencial revelará um certo tipo de qualidade. O quarto grupo é dos pratyekabuddhas, cujo potencial terá qualidades específicas. O quinto grupo é aquele com potencial Mahayana.

Os Cinco Caminhos

O conceito de 'Caminho' é importantíssimo no budismo; ele enfatiza a nossa capacidade individual de atingir a libertação ou a iluminação por nós mesmos, em vez de dependermos do poder de outrem. Ao embarcarmos em uma jornada, ao percorrermos o caminho, devemos fazê-lo sozinhos. Ninguém mais pode fazê-lo por nós.
Estes cinco caminhos (Caminho da Acumulação, da Junção ou da Aplicação, da Visão, do Cultivo e da Realização) incorporam toda a jornada espiritual, conforme descrito no Mahayana, desde os seus primórdios, com a tomada do voto de bodhisattva e a geração de bodhichitta relativa, até a sua culminação no estágio do completo despertar.

Contribuição: 100 reais

•Depósito bancário / DOC / TED / Transferência

 

Dados Bancários

Associação de Budismo Tibetano Karma Tchagtchen Druling

CNPJ: 08.247.093/0001-65

Banco Itaú

Agência: 0311

Conta-Corrente: 16837-1

 

No caso de depósito bancário, solicitamos a gentileza de enviar cópia do comprovante de depósito com o nome completo para o e-mail kttbrasil.adm@gmail.com

 

Karme Thegsum Tcholing (KTT) - Rua Visconde de Caravelas, 115 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ

É com muita alegria que a KTT tem a honra de receber pela 3º vez a Lama Lodro Lhamo.

Programação de 13 a 15 de dezembro

09:00 – 09:30 – 1° Sessão de ensinamento

09:45 – 12:00 - 2° Sessão de prática

12:00 – 14:00 – Intervalo

14:00 – 15:30 – 3° Sessão de ensinamento

15:45 - 17:00 -  4° Sessão de prática

Lama Lodro Lhamo é estudante de Khenpo Karthar Rinpoche desde 1990. Ela completou três retiros de três anos em Karme Ling e recebeu sua ordenação bhikshuni completa em 2008. Ela é a mestre do retiro feminino em Karme Ling e possui mestrado em estudos budistas da Universidade de Columbia.Durante o retiro Lama Lodro Lhamo dará a iniciação, transmissão oral e ensinará todo o ritual da prática de Tara Branca

Em sua forma branca, Tara é invocada para os rituais pacificação de longevidade, cura e atividade altruística.

Tara encarna muitas das qualidades do princípio feminino e é conhecida como a "Mãe de misericórdia e compaixão. Sua brancura é um indicativo do altruísmo - a pureza - desta compaixão, mas especialmente a Verdade indiferenciada do Dharma.

Ela é a fonte, o aspecto feminino do universo, que dá origem à cordialidade, compaixão e alívio do karma ruim vivido pelos seres comuns na existência cíclica. Ela gera, nutre, sorri para a vitalidade da criação e tem compaixão por todos os seres, como uma mãe faz com seus filhos.

Tara Branca oferece a cura para os seres que estão feridos fisica ou psicologicamente. Tara Branca inspira a compaixão, longa vida, cura, serenidade, alegria e inspiração.

Tara Branca foi a principal divindade de muitos eruditos e siddhas budistas famosos na Índia, que se referiam a ela como " Aquela que a Todos Incorpora ", significando que ao realizar uma, realizasse todas. Entre os grandes mestres na Índia que a tiveram como prática principal estava Nagarjuna, que viveu por seiscentos anos por ter realizado o siddhi da longevidade. Mais tarde, quando os ensinamentos foram para o Tibete, grandes seres realizados também fizeram da Tara Branca sua principal prática de yidam. Ela é praticada por todas as diferentes escolas do budismo tibetano. Na linhagem Kagyu, a transmissão veio de Atisha e tem sido feita por todos os grandes praticantes da linhagem. Pelo estudo e prática de Tara Branca nós podemos realizar quatro importantes objetivos:

1- Progresso e suprema realização no nosso caminho espiritual;
2- Beneficiar a outros;
3- Sustentar e servir o Dharma, e uma coisa muito importante que é;
4- Trazer boa saúde e vida longa aos grandes mestres do Dharma para que, sem obstáculos, eles possam beneficiar os seres.

Para todos nós a coisa mais importante no mundo é ter uma vida longa e saudável. Isso é como uma joia preciosa. É a coisa mais importante porque não importa o que nós queremos obter, seja o sucesso na vida comum ou na espiritual através da prática do Dharma, uma vida longa é fundamental. Se um indivíduo tem uma grande riqueza e também poder, autoridade e influência, ele pode ter um impacto tremendo ou prover um grande benefício para ele e também para os outros. Porém, se sua vida é curta, será muito pouco o que ele poderá fazer mesmo com tudo o que possui.

No mundo há muitas maneiras de promover uma vida longa e saudável tais como remédios, dietas e métodos de higiene apropriados. Entretanto, é somente através do Dharma que nós podemos realizar o siddhi da vida longa e boa saúde. Isso não significa que medicina externa (remédios, dietas e higiene) não seja útil e boa e que não necessitemos dela, porém, boas condições externas e medicina são apenas o começo.

Para alcançar o pináculo da boa saúde e qualidade de vida nós precisamos também desenvolver nosso potencial interno inato. A existência do ser humano depende de sua força vital, que precisa estar ativa. Ela não depende apenas de ser mantida e cuidada fisicamente (externamente), mas de também de nosso estado interno. Dentre os vários tipos de prática do Dharma, Tara Branca é efetiva especialmente na obtenção da longevidade neste nível.

Vida longa e boa saúde também nos capacita a beneficiar os outros. Nosso poder e habilidade de beneficiar os outros depende de termos uma vida longa, de modo que possamos trazer a maior quantidade de benefício por um período mais longo possível. Mais ainda, nós podemos fazer diferença na vida dos outros. Pela prática de Tara Branca podemos tirar os obstáculos na vida de outras pessoas que as impedem de ter a experiência de uma vida longa e saudável. Dessa maneira podemos também ajudá-los a obter longevidade.

Por fim, a prática de Tara Branca é uma ferramenta importante para prolongar as vidas daqueles que fazem grande benefício aos seres. Pela nossa prática podemos ajudar grandes seres de um modo geral, e particularmente, os mestres iluminados de nossa própria linhagem tais como o Gyalwang Karmapa, seus filhos do coração e os grandes mestres que são bem conhecidos, que beneficiam seres em uma escala enorme e que viajam a todos os lugares partilhando o Dharma para o benefício de todos.

Tara Branca é simbolizada pela roda do mantra em seu coração e é conhecida como Yijin Korlo, A Roda que Realiza Todos os Desejos. Desde de que uma roda é sem fim e sem começo, ela simboliza que Tara realiza todos os desejos sem qualquer tipo de limitação. Pela virtude desta roda e pelo poder de nossa intenções genuínas e positivas, não só longevidade pode ser realizada mas também todo o desejo positivo.

Contribuição: 150 reais

 

através do PagSeguro clicando aqui: https://pag.ae/7VqcRrNsJ

ou depósito bancário / DOC / TED / Transferência

Dados Bancários

Associação de Budismo Tibetano Karma Tchagtchen Druling

CNPJ: 08.247.093/0001-65

Banco Itaú

Agência: 0311

Conta-Corrente: 16837-1

 

No caso de depósito bancário, solicitamos a gentileza de enviar cópia do comprovante de depósito com o nome completo para o e-mail kttbrasil.adm@gmail.com

Ps: trazer oferendas de comidas e bebidas para o Tsog.

Os textos para o puja podem ser adquiridos no local.

Pré requisito: Ter refúgio. Aqueles que não tem, podem fazer a cerimônia de refúgio no dia da iniciação, desde que se comuniquem, com antecedência, na KTT o desejo de ter.

Karme Thegsum Tcholing (KTT) - Rua Visconde de Caravelas, 115 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ

Nós também podemos ver a natureza de Tara do ponto de vista do significado provisório. Dessa forma, no tempo do Buddha Amoghasiddhi, havia uma princesa chamada Yeshe Dawa (Lua de Sabedoria Primordial). Na presença do Buddha Amoghasiddhi ela gerou bodhicita e fez surgir a aspiração e o compromisso de beneficiar e liberar todos os seres conquistando todos os maras.
Ela fez um voto realmente único, pois, desde o momento que gerou bodhicita até obter a completa budeidade, se comprometeu a renascer somente como uma mulher para beneficiar os seres. A força e natureza especial deste voto nunca havia surgido, não existe agora nem nunca surgirá de novo entre todos os Buddhas. Sua coragem e zelo são inigualáveis, e por isso ela foi especialmente homenageada por todos os Buddhas e recebeu do Buddha Amoghasidhi o nome Drolma Nyurma Pamo. Drolma significa Tara, "A Liberadora"; Nyurma ,"Que Atua Rapidamente"; Pamo, "Que é Forte e Poderosa".

P.S Aqueles que não possuem o texto da sadhana de Tara Verde, poderão adquirir no local. Favor informar no momento da inscrição se irá precisar do texto da sadhana.

LOCAL
Espaço da Pedra Vermelha em Lumiar (Nova Friburgo - RJ)
www.facebook.com/Espa%C3%A7o-Pedra-Vermelha-170335413022568/

PROGRAMAÇÃO
Chegada sexta-feira dia 17/01 a partir de 18 horas.
Encerramento do retiro segunda dia 20/01 às 12 horas.

Incluso hospedagem, transporte (a partir de Lumiar), café da manhã, almoço e jantar - Alimentação ovolactovegetariana

Valor: R$ 630,00

Formas de Pagamento:


•Parcele através do PagSeguro clicando aqui: https://pag.ae/7Vrm9Gmpr

 

•Depósito bancário / DOC / TED / Transferência

Dados Bancários
Associação de Budismo Tibetano Karma Tchagtchen Druling
CNPJ: 08.247.093/0001-65
Banco Itaú
Agência: 0311
Conta-Corrente: 16837-1

No caso de depósito bancário, solicitamos a gentileza de enviar cópia do comprovante de depósito com o nome completo para o e-mail kttbrasil.adm@gmail.com

Dúvidas sobre o retiro entrar em contato: Flávia (21) 999238985 WhatsApp.

RETIRO DE TARA VERDE COM LAMA KARMA TARTCHIN

Nos dias 17,18,19 e 20 de janeiro de 2020 irá acontecer o retiro de Tara Verde, em Lumiar, distrito de Nova Friburgo/RJ.

O retiro será focado na prática intensiva de Tara Verde e durante o retiro, o Lama Karma Tartchin dará a iniciação, transmissão oral e ensinará todo o ritual da prática de Tara Verde.

Pré- requisito: Ter refúgio e uma base de conhecimento do budismo. Àqueles que não tem, podem fazer a cerimônia de refúgio no dia da iniciação, desde que se comuniquem com antecedência.

Se nós examinamos a natureza de Arya Tara do ponto de vista que é chamado de significado definitivo, o verdadeiro significado, então ela é Yum Tchen Mo, a Grande Mãe. Arya Tara é chamada de a Grande Mãe porque ela incorpora o significado supremo do Dharma, o significado supremo da vacuidade - o Dharmakaya. O significado supremo do Dharma é como uma mãe no sentido que é a fonte da qual os Buddhas atingem a iluminação e os Bodhisattvas realização. O Dharmakaya é o que dá origem, ou nascimento, a todos os Buddhas e Bodhisattvas. Então, este significado absoluto do dharma, que é o Dharmakaya, é chamado Yum Tchen Mo, a Grande Mãe.

As Cinco Famílias de Buddha - com Lama Karma Tartchin

Aguardando nova data - Mudanças na programação da KTT, devido ao falecimento de Khenpo Karthar Rinpoche, Lama Karma Tartchin, estará participando das cerimônias fúnebres de Khenpo Karthar Rinpoche.

A Natureza essencial de um bodhisattva ou de um Buddha, é que ele ou ela incorpora as qualidades iluminadas das Cinco Famílias de Buddha, que permeiam todo ser senciente sem exceção. Para realização dessas cinco famílias, é necessário abandonar os cinco kleshas do apego, da raiva, da ignorância, do orgulho e da inveja. Quando esses kleshas são purificados as cinco sabedorias se revelam. Realização das cinco sabedorias é a dos cinco Buddhas.

Nesse ensinamento o Lama Karma Tartchin irá nos explicar o que são as cinco famílias e seus atributos. Bem como o caminho para realização das cinco famílias através da purificação dos kleshas e também através da purificação das oito consciências.

Endereço

Rua Visconde de Caravelas, 115

Humaitá - 22271-041

Rio de Janeiro - RJ

Contato
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Afiliado à:

Karma Triyana Dharmachakra (KTD)
North American Seat of His Holiness the 17th Gyalwang Karmapa

Ogyen Trinley Dorje

Que todos possam se beneficiar!

© 2007 - 2019 KTT Brasil. Todos os direitos reservados.