O Lama Raiz - Tsawe Lama

 

Existem diferentes tipos de lama raiz que um praticante do budismo tibetano pode ter, mas eu falarei somente dos dois mais importantes, ele são: tsawe Lama e o Lame gyupa traduzidos como "Lama raiz e Lama da sucessão", respectivamente. Guru é o termo honorífico em sânscrito para mestre, assim muitas vezes é usado referindo-se ao Lama Raiz do indivíduo.

 

O chefe de uma escola específica do budismo tibetano é o Lame gyupa, que pode remontar há vários séculos, uma sucessão contínua de transmissões. Gyu significa "transmitir, conduzir, fluir, continuar, passar adiante". Isso também significa " conectado" e "linhagem". O chefe da linhagem budista Karma Kagyu é o XVII Gyalwang Karmapa, Orgyen Trinle Dorje. Poder-se-ia dizer que os quatro Lama raiz das quatros principais escolas do budismo tibetano detém o que pode ser comparado com a posição dos chefes de ordens cristãs, tais como beneditinos ou franciscanos.

 

O segundo tipo de Lama raiz que um discípulo do Vajarayana pode ter, é o tsawe Lama, tsawa significa "raiz". O Lama Raiz do indivíduo pode (mas não necessita) deter o título de Rinpoche, alguém que foi identificado como o renascimento de um mestre distinto pode possuir. Rinpoche significa "precioso".  O Lama Raiz é realmente precioso, mesmo se ele ou ela não for reconhecido como um mestre incarnado, desde seja alguém que possui conduta pura, que é conhecedor das escrituras, discerniu os ensinamentos através da reflexão e possui qualidade e sinais de experiência e realização através da meditação. Essas distinções definem o título "Lama". Um discípulo sente que ele ou ela pode aprender e se desenvolver muito sob a orientação de um lama específico, respeita e confia nele ou nela sem hesitações ou dúvidas, isso é, as palavras de um Lama Raiz penetram seus ossos. Ele ou ela é precioso porque é a sua conexão mais forte com o Dharma. Ele ou ela ajudam o máximo a realizar a verdadeira natureza de sua mente, a qual é bondade inata, e dessa forma, ele é seu Lama Raiz.  Tendo grande compaixão, seu Lama Raiz nunca para de cuidar dos discípulos e nunca é relutante a ensinar e guiar você.

 

De fato, o indivíduo deveria ser capaz de aprender de qualquer Lama, na verdade, de qualquer um e em qualquer situação na vida. Contudo, a pessoa aprende mais do Lama Raiz do que de quaisquer outras pessoas, devido à conexão que é profunda e perdura por toda vida. Isso pode ter sido duradouro, por muitas vidas passadas, e a conexão vai provavelmente continuar por muitas mais vidas futuras.

 

Tsawe Lama é muitas vezes traduzido como "amigo espiritual" e "guia espiritual", pois ela ou ele é seu guia ao longo do caminho do Dharma. Ele ou ela, não precisa ser necessariamente seu Lama de Refúgio, que é aquele que abriu a porta do Dharma para você. Levaria tempo para dizer se um Lama de Refúgio se tornará um Lama Raiz. A pessoa pode achar o Lama Raiz dela por seguir o conselho de seu Lama de Refúgio, por participar de ensinamentos e, por praticar diligentemente. Mas isso pode se tornar confuso se, o indivíduo procurar Lamas de muitas tradições e linhagens diferentes, o qual transforma a mente de um aspirante em alguma coisa parecida com um estojo de tinta -- a cor vermelha é bacana, dois diferentes tons de verde são brilhantes e claros, amarelo e púrpura são cores festivas. Se você mistura todas elas, acaba com um marrom barrento. É melhor não misturar as linhagens, para que sua mente não se torne um marrom barrento, percebendo que cada uma das tradições e linhagens budistas enfatizam práticas e instruções específicas do vasto  conjunto de ensinamentos que o Buddha apresentou.

 

O Lama Raiz de um indivíduo é tsawe phama em tibetano, o Lama que é o mais cuidadoso "pai e mãe" (pha-ma) -- ele ou ela transmite uma herança duradoura e inestimável para você. Ele ou ela certamente não está ali para fazer uma lavagem cerebral ou esperar que você seja algo que não é. Ademais, um estudante precisa lembrar-se que o laço com o Lama é voluntário. Pode acontecer que um Lama não é mais apropriado. Isso acontece, porque ele ou ela, a princípio, não era seu Lama Raiz. Caso considere-se que o próprio Lama Raiz quebrou seus votos, então o "contrato" com o aluno também é automaticamente quebrado. Se alunos não tiverem a possibilidade de receber conselhos quando tal conexão for quebrada, então eles devem se voltar para sua própria natureza de Buddha para orientação.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Endereço

Rua Visconde de Caravelas, 115

Humaitá - 22271-041

Rio de Janeiro - RJ

Contato
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Afiliado à:

Karma Triyana Dharmachakra (KTD)
North American Seat of His Holiness the 17th Gyalwang Karmapa

Ogyen Trinley Dorje

Que todos possam se beneficiar!

© 2007 - 2019 KTT Brasil. Todos os direitos reservados.